Uma Páscoa à Camelo

Written by

É milenar a tradição de comer cabrito ao almoço do dia de Páscoa.

Depois do período de reflexão da Quaresma, durante o qual se evita comer carne, a época pascal inicia-se na Quarta-feira de Cinzas com um jejum que se estende durante 40 dias, no Domingo de Páscoa é o momento em que católicos celebram a ressurreição de Cristo e voltam aos prazeres carnais da boa mesa. Serve-se cabrito, borrego, Vitela ou cordeiro, mudando apenas, e de forma ligeira, as formas de confeção.

Cabrito assado é o rei da mesa

Intimamente ligada às antigas festas pagãs que celebravam o início da primavera, a Páscoa simboliza também o renascer, o reencontro e o recomeço. Das imponentes procissões às limpezas profundas das casas, passando pelo jejum da quaresma às mesas fartas do Domingo de Páscoa, esta é uma celebração única no nosso país.

O peixe, mais propriamente o Bacalhau e Polvo, são os prediletos da gastronomia na Páscoa.

Pode optar por celebrar a Páscoa à Camelo, no nosso restaurante, em take-away ou delivery, com a época pascal a com as sugestões disponíveis, que contemplam receitas clássicas e outras mais contemporâneas.

HORÁRIOS:

SEXTA FEIRA – das 11:30 às 14:00 e 19:00 às 22:30
SÁBADO – das 11:30 às 14:00 e 19:00 às 22:30
DOMINGO – das 11:30 às 14:00 e 19:00 às 22:30
SEGUNDA  – das 11:30 às 14:00
TERÇA – Encerrado

RESERVAS:

📱 +351 917 699 311 | +351 919 983 924  | +351 258 839 090